Dicas para elaborar um bom currículo.

Curriculo
Criar um currículo de qualidade nem sempre é uma tarefa fácil. Transcrever todas as habilidades de maneira concisa sem criar um texto engessado e desinteressante pode requerer algumas técnicas. Por exemplo, nem todas as informações pessoais precisam constar no currículo, em geral as empresas buscam saber dados como nome, idade, formas de contato, endereço, formação e experiência profissional e cursos de capacitação. Um currículo muito extenso pode até prejudicar o candidato na hora da seleção, é importante avaliar o que realmente pode ser importante ao começar a criá-lo.

Um dos primeiros passos é saber quais os requisitos que a vaga solicita. O currículo deve ser claro e deve responder às qualificações especificadas no anúncio da vaga. Não é recomendado encaminhar um currículo para uma vaga que esteja muito distante da área de formação ou da área em que você possua experiência. No caso de a vaga oferecida estar de acordo com as suas qualificações é interessante criar um texto que converse com os requisitos, pesquise sobre ela e busque utilizar os mesmos termos que o recrutador utilizou.

Outra dica é estar atento ao uso correto da língua portuguesa, não é nada promissor encontrar um currículo com erros de digitação, mas infelizmente é bastante comum. Após escrevê-lo, certifique-se de revisar e utilizar o corretor ortográfico do editor de texto. Procure não utilizar linguagem informal, e também não encha seu texto de palavras complicadas que possam forçar o recrutador a ter que realizar uma pesquisa para entender o que você deseja falar. Concentre-se em colocar as informações com exatidão e simplicidade.

Ao preencher as experiências profissionais é indicado citar as experiências mais recentes primeiro, no topo do seu currículo. Indique a vaga que ocupou, o período que ficou nela, quais foram suas realizações durante esse tempo e quais as atribuições eram de sua responsabilidade. O ideal é citar apenas as experiências que possam contribuir, de alguma maneira, para conseguir a vaga pretendida. Se você passou por 10 empresas talvez seja interessante citar apenas as 3 últimas, a não ser que alguma experiência anterior contribua para a sua seleção. Outra informação importante é citar trabalhos voluntários e projetos que você tenha participado.

Em nenhuma hipótese deve-se colocar informações que não são verdadeiras. O mercado de trabalho possui algumas similaridades na hora de buscar novos talentos, vai ser comum encontrar exigências de experiências nos principais programas utilizados por empresas. Se não tiver o conhecimento exigido não coloque. Em uma busca rápida na internet será fácil encontrar várias instituições que oferecem cursos gratuitos e totalmente virtuais. Esses cursos de qualificação poderão impulsionar as chances do seu currículo na hora de concorrer a uma vaga.
.
No campo de outras informações você poderá citar algum idioma que tenha conhecimento ou qualquer outra informação que achar pertinente, desde que esta realmente possa contribuir para a avaliação do recrutador (CHN, por exemplo). Seguindo esses passos você poderá construir um currículo objetivo e claro, e se precisar busque um modelo na internet para auxiliá-lo na tarefa.

Importante:

- O currículo deve ter, no máximo, duas páginas com as informações necessárias para o cargo.

- Coloque foto somente se for exigência para a vaga desejada. Neste caso, ela deve ser 3×4, ter boa qualidade e priorizar uma postura profissional.

- Para quem busca o primeiro emprego, vale ressaltar no currículo as experiências na faculdade, estágios, cursos, trabalhos voluntários, habilidades e aptidões.

Escreva seu comentário

Para enviar a sua avaliação você deve estar logado.